comercial@dominiuminfo.com.br
(16) 3627-9889
A importância da tecnologia numa Startup
Como nasce uma Startup? Como fazer algo conhecido de um modo diferente? Hoje conversaremos sobre a importância da tecnologia na inovação das Startups.
Postado em 12/04/2018
    Compartilhe:

Startups é o termo guarda-chuva do momento. Servindo para descrever todo tipo de empreendimento que vem sendo lançado no mercado, Startup virou uma palavrinha mágica para designar uma empresa como moderna e atual. Basta usar o termo mágico e pronto, uma empresa passa a estar à frente no mercado quando o assunto é tecnologia. Será mesmo?

Primeiro, vamos tentar estabelecer que para ser uma Startup genuína, a sua empresa deve estar atualizada com relação as últimas tecnologias e oferecer um serviço diferenciado. Ficou complicado? Calma que nós vamos explicar direitinho.

O que são Startups?

Imagine uma empresa em que os serviços prestados são corridas de taxi. A empresa organiza e gerencia toda a logística das corridas e o seu contato com ela é através de um número de telefone. Liga lá, pede o taxi, ele chega, a corrida é feita. Muito bem.

Agora imagine que o tempo passou e o costume de fazer ligações abandonou as pessoas, elas se tornaram mais dinâmicas e não estão mais interessadas em pegar um telefone e discar um número. Agora elas querem apenas dar alguns toques rápidos na tela e ter o taxi esperando na porta de casa. E é aí que entra o papel de uma verdadeira Startup.

Uma Startup é a empresa que consegue somar a tecnologia disponível no mercado com as necessidades apresentadas pela população. Apenas prestar um serviço não faz de nenhuma empresa uma Startup, é preciso inovar e fazer diferente, e para isso, é preciso conhecer a fundo as tecnologias disponíveis.

Uma ideia simples com grandes resultados

Vamos a um outro exemplo. Você está sentado em um banco de shopping center observando o fluxo das pessoas. Infinitas pessoas vêm e vão diante dos seus olhos, elas olham vitrines, conversam, paqueram e... fazem compras.

Milhares de compras são feitas diariamente dentro de um Shopping Center, imagine a quantidade de compras que são feitas em um centro comercial de uma grande cidade? Agora, o que você pode oferecer para essas pessoas que estão comprando?

Que tal, se elas pudessem reaver parte do dinheiro gasto nas compras através de créditos em um aplicativo de celular? Pois foi exatamente isso que os fundadores da BeBlue pensaram. Uniram uma necessidade a um hábito já estabelecido e amarraram tudo com o uso da tecnologia (um aplicativo).

E fica melhor ainda, as empresas que estão cadastradas como parceiras do aplicativo receberão mais clientes, pois estes sabem que comprando nelas ganharão pontos no aplicativo BeBlue, ou seja, uma ideia simples, somada a tecnologia e pronto, nasce uma Startup.

O modo mais simples de solucionar um problema

Entenda que está na raiz de uma Startup o uso da tecnologia. Em essência, elas são responsáveis por todas as inovações que aparecem no mercado. Talvez você não saiba, mas quando uma grande marca apresenta uma ideia inovadora, é possível que ela tenha comprado essa ideia de uma Startup.

Pacientes levam meses para conseguirem marcar uma consulta. Mesmo aqueles que possuem planos de saúde acabam esbarrando em algumas burocracias ou até na falta de agenda dos especialistas escolhidos.

Ao se deparar com esse problema, o pessoal da Hippodrs decidiu inovar e fazer diferente. Eles lançaram um aplicativo onde você só precisa selecionar o especialista desejado, seus dias preferidos e os locais mais próximos, pronto. Dali para frente a Hippodrs marca a consulta e você não precisa se preocupar com toda a burocracia, ligações, nada disso.

Em resumo, sem a tecnologia não existe inovação

Imagine essas duas ideias apresentadas sem a participação do smartphone? Se ao invés de cadastrar a sua conta no BeBlue e ter as informações sobre os locais cobertos pelo programa em tempo real na tela do celular, você tivesse que esperar eles te enviarem algum manual impresso todos os meses, ou imprimir cupons?

O mesmo vale para o Hippodrs, se ao invés dos exames serem marcados pelo aplicativo, você tivesse que ligar para eles e confirmar tudo por telefone. Perderia toda a praticidade e você só estaria trocando um problema por outro.

Toda Startup que se preze pelo nome, deve investir em tecnologia e capacitar os seus colaboradores para que eles estejam sempre atualizados sobre o mercado. Inovações não acontecem por acaso, elas são fruto de muito estudo e visão aguçada.

Embora pareça simples, o conto de fadas do CEO que esbarrou em uma grande oportunidade está mais para mito do que para verdade. Testes são feitos, erros são cometidos e muitas vezes é preciso persistir até que dê certo.

A BeBlue e o Hippodrs são dois exemplos de visão aguçada e bom uso das tecnologias. Existem muitos no mercado, assim como existem muitas empresas que se negam a usar a tecnologia como aliada e estão fadadas ao esquecimento.

Espero que esse artigo tenha ajudado a elucidar a importância da tecnologia em uma Startup e que a partir de agora você possa ter uma ideia realista se a sua empresa (ou a empresa em que você trabalha) está se esforçando e investindo em tecnologia.

Está trabalhando na sua Startup? Entre em contato conosco e solicite um orçamento. Também não deixe de seguir as nossas redes sociais, estamos sempre procurando novidades quando o assunto é tecnologia.

Comente com o facebook

Notícias mais vistas
As vantagens e desvantagens da automação de serviços
A importância do outsourcing em T.I. na economia circular
Vantagens que a locação de T.I. gera às empresas
Video Wall: A nova aposta do mercado para atrair clientes